Brasil: carnaval, pão e circo - orgulho nacional

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ir em baixo

Brasil: carnaval, pão e circo - orgulho nacional

Mensagem por Cimberley Cáspio em Sab 10 Fev - 11:30

Publicado em 8 de janeiro.


Por Cimberley Cáspio

Perdemos...E vamos perdendo. Perdendo tudo. Agora a base espacial de Alcântara, no Maranhão, está nas mãos dos EUA. Tudo foi perfeitamente e secretamente planejado pelo nosso governo para entregar o sistema ao governo americano.


Além de uma base militar no Nordeste, os EUA também poderão  ter uma base no Amazonas, onde militares americanos já se encontram.


O governo brasileiro é traidor? Jamais. O governo brasileiro está fazendo a parte dele. Mostrando pra que veio.


O povo brasileiro, que é o dono real do país, que sempre soube das falcatruas políticas domésticas e internacionais, nunca se manifestou pra valer contra isso e muito mais. E pra quê se manifestar? Vem aí o carnaval. As escolas de samba estão com os ensaios aquecidos. O povo comprando ingressos para assistirem os desfiles nas passarelas do samba em São Paulo e Rio de Janeiro. Camarotes já estão vendidos. Os blocos já estão nas ruas do Rio de Janeiro animando os foliões.  As praias continuam lotadas. Quem ainda não chegou à praia, tá nem aí para o engarrafamento, custo do combustível e o preço do pedágio. O negócio é animação e paciência pra chegar lá.


E o pré-sal que não mais nos pertence? Que se dane! Badalação é a prioridade. Afinal de contas, ser brasileiro é privilégio. Só haverá uma guerra no sentido literal da palavra, se acabarem com o futebol, carnaval, cerveja, motel, e impedir à entrada nos lugares aprazíveis, dificultando uma transa com alguém interessante.


Se forças invasoras tomarem o país? O governo já é o inimigo. Já nos acostumamos. Tanto nos acostumamos que toda eleição estamos lá, cumprimentando e dando tapinha nas costas do inimigo, quer dizer, o político. Sempre presente na urna eleitoral, confirmando à nossa participação.
Se uma força militar estrangeira tomar o país, a gente se acostuma também, e ainda fazemos amizade com os soldados, seja de que nação for. A gente mostra a eles o carnaval, leva pro forró, e ainda damos à chave de nossa casa de praia para que eles passem um final de semana, quem sabe, Região dos Lagos, Angra dos Reis...Com certeza vão gostar.


E se realmente tudo isso acontecer e o país for tomado por uma força militar estrangeira, como brasileiro fica uma preocupação: vão nos tirar as causas de nossa alienação? Eles que nem ousem fazer isso, porque daremos o sangue se for preciso, assim como fazemos por uma hora anual de desfile na Marquês de Sapucaí, e como também somos famosos por matar colegas torcedores de times adversários; e mataremos.  Qualquer ação que ameace toda nossa alienação receberá resposta à altura. Eles que venham. Quanto à ideologia de nação e patriotismo, que se dane!


Doc'S comentou no Fórum Anti Nova Ordem Mundial


Carnaval, ratos e o lixo cultural


"Garanta que todos ao seu redor saibam do repúdio que você sente a essas situações que só acontecem no Brasil"
 
Não é por acaso que ratos procuram o lixo, bem como os brasileiros procuram o carnaval.

Nesse dia de vergonha nacional, não bastasse ser uma comemoração desprovida de qualquer sentido, ver bundas rebolando e corpos nus ao estilo pão e circo, ele ainda trás consigo grandes prejuízos a quem realmente necessita de serviços essenciais.

Vejam por exemplo bancos, embora oficialmente o carnaval seja apenas dia 13, os bancos vão parar já dia 12, emendando o final de semana com o dia 13. 

Mas segunda feira não é dia útil? Dessa forma não bastasse perder um dia para este besteirol, agora perderemos 2 dias.

Qual é o benefício disso? Enquanto alguns comerciantes das cidades que terão carnaval lucram, o resto do país fica amarrado a este absurdo chamado de "cultura".

Como amarrar um país deste tamanho a um dia vergonhoso e sem sentido, que apenas serve para desmoralizar ainda mais a imagem de nossa população, uma população que é ignorante, está preocupada com bundas, é governada por políticos corruptos e mesmo assim não reage, está apenas a ver o reflexo de sua passividade traduzida em todos os nossos problemas sociais e políticos.

Por que toleramos que o país pare por dois dias, que na verdade já estragam a semana inteira, com a desculpa de comemorar uma festa onde o que há não passa de corpos nus a rebolar suas bundas para uma multidão fervorosa?

Como milhões de pessoas aceitam esse tipo de coisa sem expressar sua indignação publicamente, sem permitir que uma palavra saia de suas bocas para ao menos deixar claro a vergonha que se sente ao ver uma festa ridícula dessas manchando a imagem de toda uma nação?

Ninguém reage! Ninguém é capaz de dizer ao menos ao vizinho, "Hey, isso é um lixo cultural, isso não passa de uma festa ridícula que não merece toda essa atenção a nível nacional".

Até quando nós, que reconhecemos esse lixo cultural, vamos ter mais vergonha de falar abertamente sobre o quanto isso é ridículo do que a vergonha que temos ao ver isso. É preciso por para fora nossos pensamentos e opiniões, fazer com que todos saibam que odiamos esta comemoração ridícula, bem como odiamos o rumo que esse país tomou, onde o que prevalece é a passividade e a corrupção.

Não é pegar em armas que estou dizendo, é apenas falar, falar para todo mundo ouvir, dizer todas as verdades que conhecemos em alta voz, sem ter medo de sermos chamados de loucos, por que o que é ser louco num país onde o normal é esse circo em que vivemos?

É preciso falar para o vizinho, para o padeiro, para o motorista do ônibus, para o amigo, para o mendigo, para qualquer um, deixar as palavras saírem da sua boca e chegarem ao ouvido de seu receptor entoando claramente o que você pensa sobre essa vergonha, falar o que estamos segurando em nossa garganta durante toda nossa vida, falar sobre a ignorância das pessoas, falar sobre o circo que é este país, falar sobre a passividade de todos.

E se você não não consegue falar, se na hora de conversar com alguém suas pernas tremem, use suas redes sociais, poste sem medo de ser curtido ou não, apenas deixe essa opinião presa dentro de você sair e atingir o maior número de pessoas possíveis.

Garanto a todos, que mesmo o carnaval e o circo continuarem armados, pelo menos você falando em alta voz e deixando claro para todo mundo o quanto você acha isso ridículo e vergonhoso, você vai se sentir bem melhor do que apenas permanecer calado. E isso vale para todas as outras situações ridículas que volte e meia aparecem nesse país.
avatar
Cimberley Cáspio


Mensagens : 39
Data de inscrição : 24/01/2018

Ver perfil do usuário http://Antena Bibarrense de Notícias - caspiojornalista@gmail.co

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum
MensagensUsuários registradosÉ o novo membro